Rede eletrônica e efeitos de sentidos: sobre as “Memórias da Literatura Infantil e Juvenil”

Jean Carlos Ferreira dos Santos, Fernanda Correa Silveira Galli, Lucília Maria Sousa Romão

Resumo


A compreensão da materialidade discursiva na Internet se faz necessária, dado que este meio tem possibilitado novas formas de relacionamento entre os diferentes sujeitos. O presente artigo intenta refletir sobre os efeitos de sentidos produzidos por sujeitos inscritos na página do projeto “Memórias da Literatura Infantil e Juvenil”, que pertence ao portal do Museu da Pessoa. Com base na perspectiva teórica da Análise do Discurso de linha francesa, na interface com autores que estudam a Rede Eletrônica, foi analisado um corpus constituído por recortes de depoimentos contidos na página, no qual evidenciou-se que a rede permite a inscrição de diferentes posições, configurando-se como um espaço que possibilita ao sujeito atar outros laços e se conectar de outro modo com os sentidos, com a leitura e a escrita.

Palavras-chave: Rede eletrônica. Literatura Infantil e Juvenil. Memória.

Palavras-chave


Museu da Pessoa, Rede eletrônica, Literatura Infantil e Juvenil, Memória

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/signo.v36i60.1917

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo