O Twitter sob a perspectiva do significado acional na Análise Crítica do Discurso

Marcela da Silva Amaral, Silvia Adelia Henrique Guimarães, Carla de Souza

Resumo


O objetivo deste trabalho é aplicar algumas categorias analíticas da Análise Crítica do Discurso (ACD) de forma a contribuir com os estudos, ainda incipientes, sobre a rede social Twitter, bem como buscar características que possam configurar a rede social como um novo gênero digital. Dessa forma, a escolha pelas categorias da ACD parecem pertinentes já que houve uma preocupação em adequar o referencial teórico a uma das escolas de estudos sobre os gêneros que fosse mais compatível e que dialogasse com a ACD, que é a Escola de Sidney, baseada na perspectiva sistêmico-funcional da linguagem. Noventa e um tweets foram selecionados para a análise a partir de um tópico que causou polêmica não somente no Twitter, mas em outros meios de comunicação, sobre a agressão de uma professora por um aluno em uma escola particular no Rio Grande do Sul. Preliminarmente, conclui-se que o twitter se revela um gênero híbrido já que incorporou, neste caso específico, características de gêneros como a notícia e a propaganda. Além de características de expressões de opiniões, o que se pode afirmar uma reprodução de valores ideológicos difundidos nesses gêneros primários.

Palavras-chave: Análise Crítica do Discurso; Twitter; Gênero Digital

Palavras-chave


Análise Crítica do Discurso; Twitter; Gênero Digital

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/signo.v36i61.2136

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo