A imagem do campo: representações para o agricultor e a agricultura sob a perspectiva da gramática visual

Autores

  • Gessélda Somavilla Farencena

DOI:

https://doi.org/10.17058/signo.v38i64.3387

Resumo

Este trabalho tem como objetivo verificar representações sociais para o agricultor e a agricultura evidenciadas em dois textos multimodais referentes à parabenização pelo Dia do Agricultor publicadas em dois sites voltados ao setor agrícola: Canal do Produtor e Portal do Agronegócio. Como pressupostos teóricos, são utilizadas categorias das metafunções representacional e interativa, da Gramática Visual de Kress e van Leeuwen (2006), a noção de contexto de situação, de Halliday (1989), a Teoria das Representações Sociais de Moscovici (2009), com enfoque no processo de ancoragem, conceitos e categorias da Gramática Sistêmico-Funcional, de Halliday e Matthiessen (2004). O percurso de análise consiste, respectivamente, na descrição das variáveis contextuais (campo, relações e modo) dos textos, na identificação e classificação dos processos, participantes e circunstâncias, na análise do olhar, distância e ponto de vista e, a partir dos dados obtidos, verificação das representações sociais expressas nas imagens para o setor agrícola e seus agentes. Assim, os dados apontaram a opção por construções conceituais que evidenciaram representações sociais para o agricultor e a agricultura como provedores do alimento e como promotores do desenvolvimento do país.

Downloads

Publicado

2013-01-02

Edição

Seção

Dossiê - O texto e a multimodalidade textual