A especificidade linguística e não-linguística em articulação com a atividade de linguagem

Albano Dalla Pria

Resumo


Apresentamos ao leitor uma reflexão sobre questões que nos são pertinentes há algum tempo sobre a atividade construtora de representações (atividade linguagem) e as representações construídas que configuram a diversidade de experiências (sujeitos) e de meios expressivos (sistemas semióticos). Dedicamos esforços para dialogar com outras identidades que optaram por caminhos outros na compreensão da especificidade linguística e não-linguística e na sua relação com a linguagem. Em nossa trajetória, articulamos essas especificidades com a atividade de linguagem como ponto de partida da nossa reflexão e a localizamos como a gênese da produção e do reconhecimento do material simbólico (empírico) que é a causa e o efeito do diálogo graças à função integradora de cada situação particular de diálogo e à função estruturante da noção e do domínio nocional. Ao final, oferecemos ao leitor um exercício que coloca em movimento a reflexão desenvolvida neste artigo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/signo.v38i64.3720

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo