Compreensão de frases gramaticais com nível de especificidade e esquematicidade por pessoas com Alzheimer: uma análise psicolinguística e cognitiva.

Berla Moreira de Moraes, Jan Edson Rodrigues Leite

Resumo


Esta pesquisa objetivou identificar se, na doença de Alzheimer, existe comprometimento na compreensão de frases gramaticais no nível de especificidade, por meio da técnica de leitura automonitorada. No intuito de atingir nossos objetivos e respondermos nossas hipóteses, empreendemos um experimento para analisar: o tempo de reação na leitura da frase, o tempo de reação para leitura da pergunta de compreensão e escolha da resposta, e o índice de acerto nas perguntas de compreensão por adultos jovens (AJ) e idosos saudáveis (IS) como grupos controle, e idosos com provável Alzheimer (IPAI/IPAM) como grupo caso, considerando frases no nível de especificidade e esquematicidade. Participaram da aplicação dos experimentos, 10 AJ, 10 IS e 10 IPAI/IPAM, totalizando uma amostra de 30 sujeitos. Os resultados apontam que a pessoa com Alzheimer apresenta desempenho inferior na compreensão da imagética convencional, em termos de índice de acertos e de tempo de resposta, quando comparados com idosos sem declínio cognitivo. Como resultado do experimento, com relação ao nível de Especificidade, as pessoas com Alzheimer demandam maior tempo na leitura e em dar respostas em frases de esquematicidade, nas quais também se observa maior índice de erro nas respostas. Confirmou-se então a hipótese de que a compreensão da imagética convencional em frases gramaticais no nível de especificidade, estão afetadas desde os estágios iniciais da doença de Alzheimer, e acreditamos que seja influenciada pelo declínio cognitivo progressivo da memória de trabalho, da velocidade de processamento, da tomada de decisão e da orientação temporal e espacial.

Palavras-chave


Compreensão da Linguagem. Nível de especificidade. Doença de Alzheimer.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/signo.v41i71.7217

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo