Argumentação e lógica natural: a proposta de Jean-Blaise Grize

Silvia Gutiérrez Vidrio

Resumo


Na atualidade presenciamos um renovado interesse pela análise dos discursos argumentativos. A argumentação faz parte de nossa vida quotidiana. Em qualquer situação que pensemos, está presente. Cada um de nós, em diferentes
momentos e diferentes circunstâncias é levado a argumentar sobre os prós e os contras de uma ideia, uma opinião, uma escolha ou uma decisão. Existem diferentes
enfoques teóricos para o estudo da argumentação que se fundamentam em diferentes visões e definições de seu objeto de estudo, seus métodos e seus objetivos. O
propósito deste texto é apresentar uma proposta teórico-metodológica da argumentação pouco difundida na América Latina que pode ser de grande utilidade
para analisar todo tipo de textos. Esta é a que apresenta Jean-Blaise Grize, líder da escola de Neuchâtel, a qual está fundamentada na lógica natural da linguagem; uma
lógica vista como processo, caracterizada por operações discursivas aplicadas a noções, capazes tanto de denotar como de designar.

Palavras-chave


Argumentação. Lógica natural. Jean-Blaise Grize. Esquematização. Operações lógico-discursivas

Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/signo.v42i73.7982

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo