“Eu quero muito trabalhar um tema”: estratégias argumentativas no programa televisivo Conexões Urbanas

Anna Christina Bentes, Rafaela Defendi Mariano, Ana Cecília Almeida Accetturi

Resumo


Neste artigo, buscamos analisar a natureza argumentativa do programa de reportagens televisivo Conexões Urbanas, exibido pelo canal fechado Multishow de 2008 a 2015, procurando investigar (i) a correlação entre os tipos de atores sociais que são convidados a participar do programa e os tipos de argumentos mobilizados por eles em suas falas e (ii) o papel das temáticas do programa na configuração do tipo de acordo estabelecido para a configuração do auditório. Nossas análises apontam para o fato de que ocorre uma predominância de certos tipos de argumentos na fala de certos tipos de atores sociais, o que revela que a estruturação argumentativa do programa é correlacionável ao status social de seus participantes. Por fim, verificamos que as temáticas e as estratégias argumentativas dos/nos episódios analisados configuram para cada um deles um perfil específico de auditório.

Palavras-chave


Argumentação. Reportagem televisiva. Gêneros televisivos. Atores sociais. Tipos de argumentos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/signo.v42i73.8472

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo