Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Signo?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

As contribuições devem seguir as seguintes normas:

1 Das Contribuições
1.1 As contribuições para publicação na revista Signo deverão ser inéditas.
1.2 As contribuições recebidas serão submetidas à apreciação de, pelo menos, dois membros do Conselho Editorial ou consultores ad hoc, dentro de suas especialidades.
1.3 O resultado do parecer do Conselho Científico, sob anonimato, será comunicado aos autores.
1.4 A Comissão Editorial reserva-se o direito de devolver originais, quando se fizer necessária alguma correção ou modificação de ordem temática e/ou formal.
1.5 A Comissão Editorial procederá as alterações de ordem puramente formal, ortográfica e gramatical, realizadas por revisores especializados.
1.6 Os trabalhos recebidos não serão devolvidos aos autores.
1.7 As resenhas submetidas à revista Signo devem tematizar livros publicados recentemente. No caso de editoras nacionais, consideram-se recentes os livros publicados há, no máximo, três anos. Em caso de editoras estrangeiras, os editores reservam-se o direito de opinarem quanto à relevância da obra/temática.
1.8 Sugere-se que a extensão dos artigos oscile entre 8 e 20 páginas, e a extensão das resenhas seja de até 3 páginas.
1.9 Um mesmo autor/coautor pode submeter apenas um artigo para cada número da revista.


2 Da Estrutura das Contribuições
Os artigos e resenhas devem ser apresentados de conformidade com as seguintes normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas:
a) Apresentação de Artigos em Publicações Periódicas, NBR 6022/03;
b) Resumos, NBR 6028/03
c) Referências, NBR 6023/02;
d) Citações, NBR 10520/02;
e) Numeração Progressiva das Seções de um Documento, NBR 6024/03.


A apresentação dos artigos deve obedecer a seguinte ordem:

2.1 Elementos Pré-Textuais:

2.1.1 Folha de rosto identificada
• Título em português, em inglês ou em outra língua estrangeira.
• Nome de cada um dos autores.
• Filiação institucional de cada um dos autores (formação profissional, cargo/função, titulação),
• Endereço completo do autor para correspondência com o Conselho Editorial (incluir CEP, telefone, fax e e-mail).
2.1.2 Folha de rosto sem identificação
• Título do artigo em português e na língua estrangeira.
• Resumo informativo em língua portuguesa, contendo de 100 a 250 palavras, indicando ao leitor finalidades, metodologia, resultados e conclusões do artigo, de tal forma que possa dispensar a consulta ao original. Deve ser constituído de uma seqüência de frases concisas e objetivas.
• Palavras-chave em português, separadas entre si por ponto, representando o conteúdo do artigo.
• Versão do resumo e das palavras-chave em inglês ou outra língua estrangeira. Deve ser fiel ao original em português.


2.2 Elementos Textuais
2.2.1 Corpo do Texto
Essa parte deve estar constituída de introdução, desenvolvimento e conclusão. Notas de rodapé devem ser evitadas sempre que possível. No entanto, se não houver outra possibilidade, devem ser indicadas por algarismos arábicos no final do texto. As palavras Figura, Tabela, Anexo que aparecerem no texto devem, sempre, ser escritas com a primeira letra em maiúscula e devem vir acompanhadas do número (Figuras e Tabelas) ou letra (Anexos) respectivos ao qual se referem. No caso de se utilizar tabelas, figuras de outra autoria mencionar a fonte abaixo da mesma. A utilização de expressões como “a Tabela acima” ou a “Figura abaixo” não devem ser utilizadas porque no processo de editoração a localização das mesmas pode ser alterada. Os manuscritos nas demais categorias editoriais deverão apresentar títulos e subtítulos de acordo com o caso.
As tabelas devem ser apresentadas segundo a Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Normas de Apresentação Tabular, 1993. Toda a tabela deve conter um título indicando a natureza e abrangências geográfica e temporal dos dados numéricos, sem abreviações, por extenso, de forma clara e concisa. Deve ter um número (algarismos arábicos, crescente) sempre que o documento apresentar duas ou mais tabelas. Deve ter no mínimo três traços horizontais paralelos. A moldura não deve ter traços verticais que a delimitem à esquerda e à direita. Deve conter dados numéricos inscritos nas suas células, para informar a quantificação de um fato específico observado. Recomenda-se que seja elaborada de forma a ser apresentada em uma única página e que apresente uniformidade gráfica (fonte, corpo, uso de maiúsculas e minúsculas).
As imagens digitais, além de estarem inseridas no texto (.DOC), devem ser encaminhadas em separado em formato TIF, JPG ou EPS com resolução mínima de 300 d.p.i. As legendas ou títulos devem acompanhar as imagens inseridas no corpo do texto. Os trabalhos devem ser digitados no Programa Word (versão 6.0, no mínimo), em fonte Arial, corpo 12, espaço 1,5, com páginas numeradas consecutivamente, em algarismos arábicos, no canto superior direito da página. O sistema de chamada das citações deve ser o alfabético (autor/data).


As citações devem ser indicadas no texto, informando o sobrenome do autor citado, em caixa alta dentro do parênteses ou caixa alta e baixa quando fizerem parte do texto, o ano e a página onde se encontra a informação na obra consultada.
As citações podem ser:
Citações indiretas (livres): são aquelas que reproduzem idéias do documento sem, entretanto, transcrever as próprias palavras do autor.
Exemplo:
O desenvolvimento psíquico, de acordo com Piaget (1980), é análogo ao orgânico.
Citações diretas (textuais): é a transcrição textual de parte da obra do autor consultado. Podem ser curtas e longas.
a)citações curtas (de até 3 linhas): são inseridas no texto, entre aspas duplas.
Exemplo:
Para Gabriel (2005, p. 168), "a leitura pode ser comparada a uma pedra preciosa, que o observador analisa sob diversos ângulos".
b)citações longas (mais de três linhas): devem constituir um parágrafo independente, recuado 4 cm da margem esquerda, com fonte menor do que a utilizada no texto, com espaçamento simples entre as linhas e dispensando o uso de aspas.
Exemplo:
Ao que parece, duas causas, e ambas naturais, geraram a poesia. O imitar é congênito no homem [...] e os homens se comprazem no imitado. (ARISTÓTELES, 1998, p. 107)
Citação de citação: todo esforço deve ser empreendido para se consultar o documento original. Entretanto, nem sempre é possível o acesso a certos textos. Nesse caso, pode-se reproduzir informação já citada por outros autores, cujos documentos tenham sido efetivamente consultados.
No texto deve-se citar o sobrenome do autor do documento não consultado no original, seguido das expressões: apud, citado por, e o sobrenome do autor do documento efetivamente consultado.
Exemplo:
“[...] apresenta a dinâmica do design na evolução da comunicação visual.” (CAPPARELLI, 1982 apud FONSECA, 1990, p. 27).


2.3 Elementos Pós-Textuais
A lista de referências deve ser ordenada alfabeticamente, segundo a autoria dos documentos.
As referências devem ser relacionadas em lista própria, constando todas as fontes citadas no artigo; obedecendo a uma ordem alfabética única de sobrenome de autor e título para todo o tipo de material consultado.
Para a melhor compreensão e visualização, a seguir são transcritos exemplos de referências de diversos tipos de materiais.
Livros com 1 autor:
AUTOR. Título. Edição. Local: Editora, data. Paginação.
IZQUIERDO, Iván. A arte de esqucer: cérebro, memória e esquecimento. 2. ed. Rio de Janeiro: Vieira & Lent, 2005. 114 p.
Livros com 2 autores:
AUTORES separados por ponto e vírgula. Título. Edição. Local: Editor, data. Paginação.
FRANÇA, Junia Lessa; VASCONCELLOS, Ana Cristina de. Manual para normalização de publicações técnico-científicas. 7. ed. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2004. 242 p.
Livros com 3 autores:
Dar entrada pelos três autores, separados por ponto e vírgula. Título. Local: Editora, data. Paginação.
CUTLIP, Scott M.; CENTER, Allen H.; BROOM, Glen M. Effective Public Relations. 6. ed. Englewood Cliffs: Prentice-Hall, 1985. p.
Livros com mais de 3 autores:
Entrada pelo nome do primeiro autor, seguido da expressão et al. Título. Local: Editora, data. Paginação.
FRANÇA, Júnia Lessa et al. Manual para normalização de publicações técnico-científicas. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1990. 167 p.
Livros com organizadores, coordenadores:
ORGANIZADOR ou COORDENADOR, etc. (nota) Título. Local: Editora, data. Paginação.
MELO, José Marques de (Org.). Comunicação comparada: Brasil/Espanha. São Paulo: Loyola, 1990. 171 p.
Partes de livros com autoria própria:
AUTOR da parte referenciada. Título da parte referenciada. Referência da publicação no todo precedida de In: Localização da parte referenciada.
ESTEINOU MADRID, Javier. As tecnologias de comunicação e a transformação do estado capitalista. In: FADUL, Ana Maria (Org.). Novas tecnologias em comunicação. São Paulo: Summus, INTERCOM, 1986. 250 p. p.123-126.
Dissertações, teses, trabalhos de conclusão de curso:
AUTOR. Título. Data. Paginação. Tipo do documento (dissertação, tese, trabalho de conclusão de curso), grau entre parênteses (Mestrado, Doutorado, Especialização em...) - vinculação acadêmica, o local e a data da defesa, mencionada na folha de aprovação se houver.
AZEVEDO, Martha Alves d’. O Controle externo da informação como forma de dominação. 1980. 368 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Política)-Curso de Pós-Graduação em Antropologia, Política e Sociologia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1980.
BORGES, Alexandra Bica. Uma contribuição ao estudo da biografia de Leonel de Moura Brizola. 2004. 137 f. Trabalho de Conclusão do Curso de Comunicação Social, habilitação Jornalismo, Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2004.
Eventos no todo (Congressos, Jornadas, Encontros, Simpósios):
TÍTULO DO EVENTO, Número do evento, Data do evento, Local do evento. Título do documento. Local: Editora, data. Paginação.
ENCONTRO INTERNACIONAL DE JORNALISMO, 2., 1989, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: IBM do Brasil, 1990. 229 p.
Trabalhos de eventos:
AUTOR. Título do trabalho de evento: subtítulo do trabalho de evento (se houver). Referência da publicação no todo precedida de In: localização da parte referenciada. Paginação da parte referenciada.
FRANCO, Antônio. A imprensa e a Europa 92. In: ENCONTRO INTERNACIONAL DE JORNALISMO, 2., 1989, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: IBM do Brasil, 1990. P.10-35.
Revistas/periódicos no todo:
TÍTULO. Local: Editora, data inicial. Periodicidade.
REVISTA DE BIBLIOTECONOMIA & COMUNICAÇÃO. Porto Alegre: Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1986-2000. Anual.
EM QUESTÃO: revista da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Porto Alegre: Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003 - Semestral.
Revistas/periódicos, suplementos, números especiais:
TÍTULO do periódico. Título do fascículo, suplemento se houver. Local: Editor, v., n., data e paginação total do fascículo. Nota.
ISTO É/SENHOR. 1990. São Paulo: Editora Três, n. 1110, dez. 1990. 82 p. Edição especial de final de ano.
Artigos de revistas/periódicos:
AUTOR do artigo. Título do artigo. Título da revista, local, v., n., páginas, mês, ano.
HAUSER, Silvia. O risco do marketing moderno. Meio & Mensagem, São Paulo, v. 13, n. 452, p. 6-8, abr. 1991.
Artigos de jornais:
AUTOR do artigo. Titulo do artigo. Título do jornal, local, data (dia, mês e ano).
Caderno.
CAMPOS, Rogério de. Exposição traz ao Brasil de J. Carlos. Folha de S. Paulo, São Paulo, 10 abr. 1991. Ilustrada, p.1.
Imagem em movimento:
TÍTULO. Subtítulo. Responsável. Local (país), Produtora, Distribuidora, data. Especificação do suporte em unidades fisicas, som, cor. Largura em milímetros. Título original. Legenda.
OS PERIGOS do uso de tóxicos. Produção de Jorge Ramos de Andrade. São Paulo: CERAVI, 1983. 1 videocassete (30 min), VHS, son., color.
CENTRAL do Brasil. Direção: Walter Salles Júnior. Produção: Martire de Clermont-Tonnerre e Arthur Cohn. Intérpretes: Fernanda Montenegro; Marília Pera; Vinicius de Oliveira; Sônia Lira; Othon Bastos; Matheus Nachtergaele e outros. Roteiro: Marcos Bernstein, João Emanuel Carneiro e Walter Salles Júnior. [S.I.]: Le Studio Canal; Riofilme. MACT Productions, 1998. 1 bobina cinematográfica (106 min), son., color., 35 mm
BLADE Runner. Direção: Ridley Scott. Produção: Michael Deeley. Intérpretes: Harrison Ford; Rutger Hauer; Dean Young; Edward James Olmos e outros. Roteiro: Hampton Fancher e David Peoples. Música: Vangelis. Los Angeles: Warner Brothers, c1991. 1 DVD (117 min), widescreen, color. Produzido por Warner Video Home. Baseado na novela “Do androids dream of electric sheep?” de Philip K. Dick.
Leis, decretos, portarias, etc.:
NOME DO LOCAL (país, estado ou cidade). Título (especificação da legislação, n.º e data). Indicação da publicação oficial.
BRASIL. Decreto n.º 50.450, de 12 de abril de 1961. Regula a projeção de películas cinematográficas e propaganda comercial através das emissoras de televisão. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil] , Brasília, v.126, n.66, p.6009, 13 abr. 1961. Seção 1, pt. 1.
Palestras, debates, comunicações, entrevistas:
NOME DO PALESTRANTE, ENTREVISTADO, etc. Título da palestra. Local, data. Nota.
CAUDURO, Flávio Vinicius. Doutorado na Inglaterra. Porto Alegre, 1991. Entrevista concedida aos alunos do Curso de Comunicação da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em 23 abr. 1991..
KOUTZII, Flávio. A guerra do Golfo e suas conseqüências na América Latina. Porto Alegre, 1991. Palestra ministrada aos professores, alunos e funcionários da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em 13 mar. 1991.
Pré-impressões, trabalhos escritos mas não publicados ou em fase de elaboração, notas de aulas, etc.
Deve ser mencionado o fato indicando-se também os dados bibliográficos disponíveis:
AUTOR. Título do trabalho. Nome da instituição, local, data. Nota.
PEDROSO, Rosa Nívea. O fato no jornalismo político: a ética do “roxo” no Governo Collor. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1991. Notas de aula.
Programas de radio/televisão:
TÍTULO. Apresentador. Local: Emissora, data (dia, mês e ano), horário. Duração. Entrevistado.
GUAÍBA Medicina e Saúde. Apresentado por Abraão Winogron. Porto Alegre: Rádio Guaíba, 21 abr. 1991, 8 h. Duração 1 h 45 min. Entrevista com Dr. Luiz Lawinsky.
CARA a Cara. Apresentado por Marília Gabriela. São Paulo: Rede Bandeirantes de Televisão, 21 abr. 1991, 22 h. Duração 60 min. Entrevista com Rita Lee.
Relatórios:
NOME DA INSTITUIÇÃO. Título do relatório. Local, data, paginação.
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Relatório ABNT: gestão 989/1990. Rio de Janeiro, 1991. 31p.
Documentos eletrônicos online:
AUTOR. Título. Local, data. Disponível em: < >. Data do acesso: dd mm aaaa
ALVES, Castro. Navio negreiro. [S.I.]: Virtual Books, 2000. Disponível em: . Acesso em: 10 jan. 2002

 

Declaração de Direito Autoral


Declaro(amos) que o artigo submetido é pessoal, inédito, não representando reprodução, ainda que parcial, de obras de terceiros, assumindo a responsabilidade por todas as colocações e conceitos emitidos, bem como também autorizo(amos) sua publicação pela revista Signo, Universidade de Santa Cruz do Sul.

Declaro(amos) exonerar a APESC/UNISC de todas e quaisquer responsabilidades, e indenizá-la por perdas e danos que venha a sofrer em caso de contestação (da originalidade e dos conceitos e ideias);

Declaro(amos), caso o artigo seja aceito e publicado pela revista Signo, a cedência e transferência de forma definitiva e perpétua, irrevogável e irretratável, para a APESC, dos seus direitos autorais patrimoniais referentes ao artigo denominado nesta declaração, para utilização da APESC em finalidade educacional.

Por fim, concordo(amos) e estou(amos) ciente(s) de que a publicação eletrônica é de livre acesso, regida com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Licença Creative Commons

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.