ESTRATÉGIAS DE ATUALIZAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DA REVISTA INTERDISCIPLINAR DE PROMOÇÃO DA SAÚDE

Maria Carolina Magedanz, Leticia Borfe, Suzane Beatriz Frantz Krug, Dulciane Nunes Paiva

Resumo


A Revista Interdisciplinar de Promoção da Saúde (RIPS) é o periódico oficial do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Promoção da Saúde e do Departamento de Ciências da Saúde da Universidade de Santa Cruz do Sul. Foi reeditada em 2018 a fim de aumentar sua abrangência temática e englobar a esfera dos estudos de promoção de saúde e saúde coletiva, a partir de reformulação de título, escopo e corpo editorial. A RIPS visa se qualificar, enquanto periódico científico, e se adequar aos critérios do Sistema Web Qualis. Dentre esses critérios estão a exogenia dos autores dos artigos, indexações de relevância nacional e internacional para geração de adequado fator de impacto. O presente estudo objetiva apresentar as estratégias adotadas pela equipe editorial para qualificar e atualizar as edições da Revista Interdisciplinar de Promoção da Saúde. Este estudo tem caráter qualitativo, caracterizado como pesquisa documental, exploratória e descritiva, realizada a partir de registros das ações da equipe editorial desde 2018. Os resultados evidenciam uma gama de ações executadas entre 2018 e 2021 a fim de atualizar a periodicidade da RIPS. Inicialmente, estabeleceu-se um calendário de reuniões mensais para revisar e propor novas metas a fim  de atualizar a periodicidade e melhorar a qualidade do periódico. Dentre os propósitos estabelecidos estão a revisão das diretrizes de publicação, renovação do corpo editorial, ampliação do número de avaliadores ad hoc, incremento da divulgação do periódico a nível nacional, aumento do número de manuscritos submetidos e de publicações exógenas. No intuito de adequar ao escopo da revista, as diretrizes de publicação foram revisadas e organizadas em um template com o intuito de facilitar o processo de submissão. Para renovar o corpo editorial foram encaminhados ofícios/convites para professores pesquisadores na área da promoção da saúde, solicitando sua contribuição com a RIPS. Foram incluídos novos avaliadores ad hoc, indicados pelos novos membros do corpo editorial e pelos autores no momento da submissão do manuscrito. Foram elaboradas chamadas para edições especiais Cenários de Promoção da Saúde na COVID-19 e Saúde Mental na Pandemia de COVID-19: desafios e perspectivas. Para estas edições, além dos pesquisadores em geral, foram convidados para submissão de manuscritos os alunos egressos  e orientadores do Programa de Residência Multiprofissional do Hospital Santa Cruz, bem como, pesquisadores vinculados a Programas de Pós-Graduação que abordam a temática da Promoção da Saúde e da Saúde coletiva de todas as regiões do país. Além disso, anualmente são aceitos manuscritos advindos da submissão dos eventos científicos do PPGPS. Conclui-se que as estratégias adotadas pela equipe editorial da RIPS já mostram efeitos positivos, ao passo que notou-se aumento na quantidade de submissão dos artigos e de visualização dos estudos publicados. Contudo, esforços ainda são necessários para atualizar a periodicidade da RIPS e incrementar a exogenia. Além disso, a revista busca também alcançar cada vez mais o aumento do número de submissões de manuscritos, visualizações e acessos, tanto em seu site quanto em redes sociais, no intuito de divulgação da revista. Assim, por meio de constante planejamento de estratégias e metas coletivas, a RIPS busca uma boa avaliação no Qualis CAPES, de forma a contribuir para o debate qualificado na temática da promoção da saúde no Brasil e a nível internacional.



ISSN 2764-2135