A relação professor-aluno influência no processo de ensino-aprendizagem dos estudantes?

Ana Paula Rodrigues, Lucas Kasper

Resumo


O desinteresse por parte da maioria dos alunos no que se diz respeito à vida escolar é preocupante nos dias de hoje. Esse problema não prejudica apenas a vida do educando, mas também interfere na de seus professores. Nós, futuros docentes, que realizamos nossas oficinas de aprendizagem, sabemos o quanto é gratificante e o quanto nos sentimos realizados quando os alunos se esforçam para fazer as atividades que desenvolvemos. Porém, quando a realidade não é a citada anteriormente, isso acaba gerando um sentimento de frustração em nós. Com isso, percebemos em nossas oficinas que, apenas levar atividades lúdicas, não estava motivando os alunos e, a partir dessa observação, começamos a nos questionar o que poderia ser feito para conseguirmos instigar os educandos a querer aprender. Para isso, desenvolvemos um estudo a respeito da relação professor-aluno, como essa relação deve ser e se interfere ou não na aprendizagem dos estudantes, pois julgamos de suma importância que essa relação seja a melhor possível para que ocorra uma aprendizagem efetiva por parte do educando. Dessa forma, fizemos uma pesquisa bibliográfica; conversamos com alguns de nossos alunos do PIBID, para saber de suas experiências e o que pensam a respeito desse assunto; além de observar como estava sendo nossa prática docente, para fazermos as mudanças que fossem necessárias. Portanto, através dessa reflexão a respeito da relação professor-aluno, pudemos aprender muito e mudar algumas coisas em nossas oficinas, aproximando-se mais dos alunos e conversando com eles, levando em conta não apenas o aprendizado que estavam tendo, mas também a realidade de cada um, discutindo sobre seus problemas e dificuldades por meio de dinâmicas (realizadas no início das oficinas), chamando a atenção deles para podermos instiga-los a querer aprender. Entretanto, não é em todas as oficinas que ocorre tudo como planejamos, mas aos poucos, vamos aprendendo a sermos bons professores e fazer o possível para ser a diferença na vida dos nossos alunos, ajudando-os e incentivando-os, mostrando a eles que são capazes e, se persistirem, alcançarão seus sonhos.PALAVRAS-CHAVE: Professor. Aluno. Oficinas de aprendizagem. Relação professor-aluno.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.