O ensino da pluralidade cultural brasileira: relato de experiência

Laura Alves Strehl, Ben HurGraboski Pinheiro, Eliane Fraga da Silveira

Resumo


Em busca de uma melhoria do aprendizado dos alunos da Educação Básica, o presente trabalho é um relato de experiência adquirido durante a realização de atividades com os alunos do 8º ano do Ensino Fundamental, da E. M. E. F. Prefeito Edgar Fontoura, Canoas/RS. Onde alunos graduandos em Ciências Biológicas da Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) atuam junto ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID). O objetivo do presente estudo foi aplicar metodologias diferenciadas, abordando a temática ‘Pluralidade Cultural’ para apresentar e exemplificar aos alunos diferentes características culturais do país. Segundo Gil (2006), o uso de metodologias diferenciadas pode manter os educandos atentos ao trabalho, facilitando a aprendizagem e melhorando a relação professor-aluno. Para Moretto (2002), a construção do conhecimento pode ser estimulada por condições exteriores criadas pelo professor, visto que a aprendizagem é um processo interior do sujeito. Conforme Fernandes (2015), a escola brasileira ainda não aprendeu que a nação brasileira é multirracial, pluriétnica e de grande diversidade cultural, e por não conseguir lidar com essa realidade não consegue trabalhar com as crianças e jovens dos estratos sociais mais pobres, constituídos, na sua grande maioria, de negros e mestiços. A atividade sobre a pluralidade cultural brasileira foi desenvolvida nas datas de 10, 17 e 24 de Abril de 2015, com uma turma de 8º ano, totalizando 15 alunos. Para o início da atividade foi proposta a leitura de um texto e posteriormente os alunos responderam a um questionário aberto sobre o texto, além de um momento de discussão. Após este momento a turma foi separada e por sorteio cada um dos grupos recebeu uma cultura local do Brasil (Cultura Mineira, Cultura Baiana e Cultura Amazônica). A partir deste sorteio, os grupos deveriam organizar uma apresentação realizando pesquisa sobre as culturas. A1 Graduanda em Ciências Biológicas e Ex-bolsista de Iniciação à Docência do PIBID, SubprojetoBiologia, Universidade Luterana do Brasil.2 Graduando em Ciências Biológicas e Bolsista de Iniciação à Docência do PIBID, SubprojetoBiologia, Universidade Luterana do Brasil.3 Doutora em Ciências Biológicas e Coordenadora de Área do PIBID, Subprojeto Biologia,Universidade Luterana do Brasil.organização da apresentação era livre. Para finalização da atividade os alunos realizaram apresentações sobre a cultura estudada, para outras turmas da Escola. A metodologia utilizada para compreender as diferentes culturas brasileiras, proporcionou aos alunos um contato direto com a temática. Oportunizou uma experiência de vários aspectos da aprendizagem, tendo em vista que os alunos realizaram pesquisa, escrita, leitura e apresentação oral. Destaca-se a importância de realizar aulas diferenciadas, seja com a utilização de recursos ou com temas ainda não trabalhados dentro da escola. Evidencia-se a importância de abordar esta temática com os alunos da Educação Básica, para relacionar a pluralidade cultural com o respeito ao próximo, e como resultado final teremos cidadãos que respeitem as diferenças interpessoais e que entendam as etnias que compõem uma sociedade.Palavras-chave: Pluralidade Cultural. Transversalidade. Metodologias.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.