O uso do material dourado

Cristiane Bohnen, Glaucia Cabral Moraes, Marcia Adriana de Oliveira

Resumo


O Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID é um programa que oferece bolsas para estudantes de cursos de licenciatura, com o objetivo de que os estudantes possam exercer atividades pedagógicas em escolas de ensino público, sendo elas municipais ou estaduais. O programa proporciona aos estudantes uma experiência de ser professor em sala de aula e de como é o dia a dia de um docente, seja através de oficinas onde o estudante aprende a fazer planejamentos e ministrar aulas para diferentes faixas etárias, ou através de monitorias onde o bolsista se encontra dentro da sala de aula junto com o professor regente, podendo observar e auxiliar estudantes quanto ao entendimento de temas explanados no decorrer da aula. Diante disso, este estudo descreverá o desenvolvimento de monitorias realizadas com uma turma de 6º ano do Ensino Fundamental, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor José Ferrugem. A turma possui doze alunos, sendo dois deles inclusos. Durante as monitorias auxiliava os alunos nas atividades propostas, sanando possíveis dúvidas em relação ao conteúdo trabalhado. Diante do contexto, acompanhei os estudantes inclusos a partir do uso de materiais concretos e manipulativos, como por exemplo, o material dourado. O registro dessas práticas aconteceu com o uso de quadrados de papel, constituídos de números de um a vinte. As propostas metodológicas planejadas para esse grupo de estudantes fundamentaram-se em autores como Montessori (1870 - 1952), no qual propiciam a facilidade, a compreensão e o entendimento dos alunos em relação aos números abstratos, tornando o aprendizado mais agradável, além da compreensão dos algoritmos, obtendo – se assim um notável desenvolvimento do raciocínio. Dessa forma, foi possível1 Graduanda, bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência - PIBID, do Subprojeto da Matemática/ Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor José Ferrugem, UNISC.2 Professora e coordenadora do Subprojeto da Matemática, da Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC.3 Professora e coordenadora do Subprojeto da Matemática, da Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC.entender e perceber o rendimento cognitivo que tais ações resultaram, proporcionando um progresso na compreensão dos conhecimentos desse campo do saber.Palavras-chave: Material dourado. Proposta metodológica. Monitoria. Ensino da Matemática.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.