Narrativas produzidas por um grupo de agricultores acerca de práticas matemáticas escolares e não escolares

Eliane Görck, Cláudio José de Oliveira

Resumo


Esse resumo apresenta e discute os resultados parciais do trabalho monográfico no Curso de Pedagogia da Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC intitulado “Narrativas produzidas por um grupo de agricultores acerca de práticas matemáticas escolares e não escolares”. O objetivo central do estudo foi conhecer e entender práticas matemáticas produzidas por um por um grupo de agricultores na região centro serra do Estado do Rio Grande do Sul. Apoiada principalmente nos estudos de Ubiratan D’Ambrosio, Gelsa Knijnik e Fernanda Wanderer busquei compreender o campo da Etnomatemática. A pesquisa assumiu uma metodologia qualitativa de inspiração etnográfica e como instrumentos para a geração de dados optei por entrevistas narrativas e diário de campo. Além desse material, ainda realizei uma seleção de registros matemáticos produzidos pelos agricultores. Como resultado da pesquisa, nesse momento, já foi possível encontrar diferentes práticas matemáticas. Ainda é importante destacar, que ao longo da produção de dados, se evidenciou que a matemática é ainda considerada uma prática apenas masculina, com pouco envolvimento de mulheres. Com as práticas matemáticas encontradas na pesquisa conclui-se que existem diferentes matemáticas e não apenas uma matemática, considerada única e universal. Além disso, o não envolvimento das mulheres em práticas matemáticas é uma questão histórica que, infelizmente, vem se repetindo há muitos anos.Palavras-chave: Educação. Etnomatemática. Práticas matemáticas. Agricultores.Keywords: Education. Ethnomathematics. Mathematical practices. Farmers.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.