EDUCAÇÃO COM IDENTIDADE DO CAMPO: O SURGIMENTO DAS EFAS NO BRASIL

José Antonio Moraes do Nascimento, Marlon Antonio Bianchini

Resumo


O objetivo deste trabalho é compreender o surgimento das Escolas Famílias Agrícolas no Brasil, durante o período da ditadura militar. Neste sentido, inicialmente será apresentada uma breve contextualização sobre a ditadura e alguns dos seus impactos. Posteriormente, será traçado um panorama histórico em torno do surgimento das Escolas Famílias Agrícolas na França, Itália e África. Para finalizar, o texto apresenta um estudo mais aprofundado e com um caráter de análise a respeito da experiência da Pedagogia da Alternância no Brasil, a partir do caso do Espírito Santo e da Bahia, atentando para o surgimento das Escolas Famílias Agrícolas e suas articulações, buscando entender os elementos que influenciam nas articulações das EFAs em território nacional, frente ao momento político abordado.

Palavras-chave


Escolas Famílias Agrícolas, Ditadura Militar, Educação do Campo.

Texto completo:

PDF

Referências


ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da Educação. 2ª ed. São Paulo: Editora Moderna, 2005.

BARROS, Edgard Luiz de. Os governos militares. 2ª ed. São Paulo: Contexto, 1992.

CALIARI, Rogério Omar. Pedagogia da Alternância e Desenvolvimento Local. Dissertação. Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2002.

CALIARI, Rogério Omar. A presença da família camponesa na Escola Família Agrícola: o caso de Olivania. Tese. Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.

CAVALCANTE, Ludmila Oliveira Holanda. A Escola Família Agrícola do Sertão: entre os percursos sociais, trajetórias pessoais e implicações ambientais. Tese. Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2007.

DE BURGHGRAVE, Thierry. Vagabundos, não senhor. Cidadãos brasileiros e planetários: Uma experiência educativa. Orizona (GO): UNEFAB, 2011.

FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucilia de Almeida Neves (Org.). O Brasil republicano. 7ª. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2014. v.

FERREIRA, Jorge; GOMES, Ângela de Castro. 1964: O golpe que derrubou um presidente, pôs fim ao regime democrático e instituiu a ditadura militar no Brasil. 1ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2014.

GHIRALDELLI JUNIOR, Paulo. Filosofia e História da Educação Brasileira. 1ª ed. Barueri, SP: Monole, 2003.

MARIRRODRIGA, Roberto Garcia; CALVO, Pedro Puig. Formação em alternância e desenvolvimento local: O movimento educativo do CEFFA no mundo. Tradução: Luiz da Silva Peixoto. Belo Horizonte: O Lutador, 2010.

NOSELLA, Paolo: Origens da pedagogia da alternância no Brasil: 2ª ed. Vitória: EDUFES, 2014.

PICOLOTTO, Everton Lazzaretti. As mãos que alimentam a nação: agricultura familiar, sindicalismo e política. Tese. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.

ZAMBERLAN, Sergio. Formação e desenvolvimento sustentável. Dissertação. Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 2003.

ZAMBERLAN, Sergio. MEPES: início da longa caminhada. 1963-1980. Espírito Santo. MEPES, 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.17058/agora.v22i2.15466

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo