A igualdade através da diferença e as estratégias de reconhecimento do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR)

Cristiano Benites Oliveira

Resumo


As discussões sobre o conceito de reconhecimento trazem em seu escopo importantes aportes teóricos para que se possa compreender e interpretar o desenvolvimento das estratégias de conflito protagonizadas pelo Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR). O potencial interpretativo da concepção de reconhecimento, aqui debatida, reside na possibilidade de equacionamento de forma efetiva das discussões sobre igualdade e diferença no interior dos processos estratégicos traçados pelo referido movimento em contextos marcados por grandes desigualdades em termos sociais, políticos e econômicos. Este artigo também problematiza a importância do processo de ambientalização dos catadores de materiais recicláveis como forma de encaminhar a questão do reconhecimento desses sujeitos.

Palavras-chave


Estratégias de reconhecimento, identidade pessoal e princípio de igualdade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/agora.v17i1.6151

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo