A Inserção da Bananicultura em São Bento do Sapucaí: Práticas Saudáveis e Saberes Gastronômicos na Serra da Mantiqueira

Marília de Moraes Silva, Larissa Ramos Botossi, Augusto Gardezani Baesso, Júlia de Carvalho Freitas, Thiago Rosa Zanelatto, Roseli de Sousa Neto, Paula de Oliveira Feliciano

Resumo


Conforme se desenvolvem os estudos e tecnologias e cresce o número de pessoas com alcance a informações, proporcionalmente se eleva a preocupação com a saúde e o bem-estar físico e mental por meio de uma alimentação mais saudável. Paralelamente a isso, é indispensável praticar uma utilização mais consciente da comida produzida, o que acaba por refletir em progressos econômicos, além da melhor distribuição de alimento à população. Em meio a essa problemática, a filosofia do slow food faz-se ainda mais importante: a valorização do pequeno produtor gera benefícios a todo o ciclo envolvido. A partir desses fatores, enxerga-se um grande potencial na banana, fruta mundialmente apreciada e largamente produzida, tomando como foco, no presente caso, a grande produção existente na cidade de São Bento do Sapucaí, SP. Com o intuito de unir o ideal de alimentação saudável e um melhor aproveitamento da extensa produção, surge a intenção de se utilizar a fruta ainda verde, na forma de biomassa e farinha, aproveitando sua característica prebiótica conferida pelo amido resistente, carboidrato capaz de promover um incremento nutricional no alimento, além de reduzir as chances de doenças. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é estudar a possibilidade de elaboração de preparos culinários com aplicação dos produtos da banana verde e realizar análise sensorial, a fim de testar sua aceitabilidade com a população e tornar seu uso e seus benefícios mais conhecidos.

Palavras-chave


Ambiental, patrimônio cultural, território

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/agora.v18i1.7394

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo