A aproximação entre o cosmopolitismo e o multiculturalismo na perspectiva do direito humano ao desenvolvimento

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17058/rdunisc.v0i59.14409

Palavras-chave:

Cosmopolitismo, Multiculturalismo, Sociedade, Direitos humanos, Desenvolvimento.

Resumo

Não é de hoje que as sociedades experimentam as mais diferentes transformações, fruto de processos de desenvolvimento que se implementaram nos tempos mais remotos, posteriormente intensificados pelo fenômeno da globalização. Neste panorama, o presente artigo tem como objetivo geral analisar a sociedade pós-moderna e, especificamente, compreender como esta sociedade se insere nos contextos de desenvolvimento ocorridos ao longo dos tempos. A metodologia utilizada caracteriza-se por pesquisa bibliográfica, realizando-se uma análise exploratória e explicativa, tendo-se como enfoque o método empírico dialético. Analisou-se a ideia da sociedade formada pela globalização e pelo cosmopolitismo, assim como pelo multiculturalismo, como base de toda a estrutura social. Buscou-se também verificar em que medida o desenvolvimento encontra-se relacionado com as concepções globais, cosmopolitas e multiculturais. Ao final, pretendeu-se uma visão de direito humano ao desenvolvimento, perpassando por uma análise prévia de ressignificação dos direitos humanos, para concluir o quão importante é olhar o ser humano como agente que deve ser sempre respeitado dentro de todo este processo.

Biografia do Autor

Juliane Carvalho de Souza Fava, Universidade de Marília - UNIMAR

Doutoranda em Direito pela Universidade de Marília-SP - UNIMAR. Mestre em Direito Processual e Cidadania pela Universidade Paranaense - UNIPAR. Especialista em Direito Processual Civil pela Faculdade de Direito de Curitiba-PR. Bacharel em Direito pelas Faculdades Unificadas de Foz do Iguaçu-PR - UNIFOZ. Advogada. Professora de Teoria Geral do Processo e Direito Processual Civil do Centro Universitário Dinâmica das Cataratas - UDC. E-mail:

Bruno Bastos de Oliveira, Universidade de Marília - UNIMAR

Advogado e Professor. Consultor Jurídico, especialista na área fiscal. Atualmente faz pós-doutorado em Direito pela UNIMAR - Universidade de Marília - SP, sendo bolsista PNPD. Professor convidado do Programa de Pós-graduação em Direito - Mestrado e Doutorado - da UNIMAR - Universidade de Marília - SP. Doutor em Ciências Jurídicas - Direitos Humanos e Desenvolvimento - pela Universidade Federal da Paraíba. Mestre em Ciências Jurídicas, área de concentração Direito Econômico pela Universidade Federal da Paraíba. Especialista em Direito Tributário pela Universidade do Sul de Santa Catarina. Graduado em Direito pelo Centro Universitário de João Pessoa.

Valter Moura do Carmo, Universidade de Marília - UNIMAR

Possui graduação em Direito pela Universidade de Fortaleza - UNIFOR; mestrado em Direito Constitucional pela UNIFOR com período sanduíche na Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC e doutorado em Direito pela UFSC, tendo realizado o doutorado sanduíche na Universidade de Zaragoza (Espanha) com bolsa do PDSE da CAPES e período de investigação na Universidade Federal da Paraíba - UFPB com bolsa do PROCAD da CAPES. Realizou estágio de pós-doutorado na Universidade de Marília - UNIMAR com bolsa do PNPD da CAPES. Professor Assistente Doutor da UNIMAR onde leciona nos cursos de graduação em Direito e Medicina, sendo professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Direito. Diretor de relações institucionais do CONPEDi. Membro da Comissão de Estudo de Identificação e Descrição da ABNT. Editor da Estudos: Revista de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas da UNIMAR e editor-adjunto da Revista do Instituto Brasileiro de Direitos Humanos.

Downloads

Publicado

2020-04-09

Edição

Seção

Artigos