Reconfigurações do espaço rural e do cotidiano familiar: os sujeitos e suas práticas com as tecnologias de comunicação

Autores

  • Ana Carolina D. Escosteguy Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Universidade Federal de Santa Maria.
  • Ângela Cristina Trevisan Felippi Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil https://orcid.org/0000-0003-3545-0215
  • Lírian Sifuentes Fundação Rádio e Tv Piratini. TVE-RS.

DOI:

https://doi.org/10.17058/redes.v25i1.14243

Palavras-chave:

Tecnologias da Informação e Comunicação. Rural. Espaço. Mediações.

Resumo

No artigo se apresenta pesquisa que investigou a apropriação e a incorporação das tecnologias de comunicação (SILVERSTONE, HIRSCH e MORLEY, 1996), por famílias da agricultura, em um meio rural específico do Sul do Brasil. A perspectiva de análise é comunicacional, mas com abordagem socioantropológica, que faz dialogar duas áreas distintas de conhecimento - Comunicação e Desenvolvimento Regional. A pesquisa original se desenvolveu entre 2014 e 2018, envolvendo pesquisa bibliográfica e de campo, articulando um conjunto de técnicas como: formulário, registro fotográfico, relato de campo e entrevista. A análise teve por base os mapas de comunicação de Jesús Martín-Barbero (2018), e articulou as chaves teórico-analíticas da institucionalidade, socialidade, tecnicidade, ritualidade, espacialidade, temporalidade e mobilidade. Os resultados apontam para a existência de movimentos contraditórios de inclusão e exclusão digital, com existência de aspectos facilitadores e impeditivos de acesso às tecnologias de comunicação; para a forte mediação do espaço e do tempo na apropriação e incorporação das tecnologias; e para a constituição de uma certa ruralidade para a qual as TICs são componentes importantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carolina D. Escosteguy, Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Universidade Federal de Santa Maria.

Professora Visitante do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM); Doutora em Ciências da Comunicação (USP); Pesquisadora do CNPq (Brasil).

Ângela Cristina Trevisan Felippi, Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil

Doutora em Comunicação pela PUCRS; pós-doutorado em Comunicación/Recepción y Cultura pela UCU/Uruguai. Professora do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional da UNISC.

Lírian Sifuentes, Fundação Rádio e Tv Piratini. TVE-RS.

Doutora em Comunicação Social pela PUCRS, com doutorado sanduíche no Departamento de Comunicação da Texas A&M University. Pós-doutorado em Comunicação Social pela PUCRS. Jornalista da TVE-RS.

Referências

CETIC.BR – Centro de estudos sobre as tecnologias da informação e da comunicação. TIC Domicílios, 2018. Disponível em: http://data.cetic.br/cetic/explore?idPesquisa=TIC_DOM. Acessado em: 24 set. 2019.

DIZARD, Wilson. A nova mídia – A comunicação de massa na era da informação. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000.

ESCOSTEGUY, Ana Carolina. As tecnologias de informação e comunicação em perspectiva teórico-analítica. In: ESCOSTEGUY, Ana Carolina et al. As tecnologias da comunicação no cotidiano de famílias rurais: (Re)configurações de uma ruralidade. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2019, p. 15-31. Disponível em: https://www.unisc.br/pt/home/editora/e-books?id_livro=485 Acesso em: 12 set. 2019.

ESCOSTEGUY, Ana Carolina D.; SIFUENTES, Lírian; BIANCHINI, Aline. O uso de tecnologias por famílias agricultoras: uma reflexão metodológica. Revista Comunicação, Mídia e Consumo, São Paulo, v. 13, n. 38, p. 97-115, set.-dez. 2016. Disponível em: http://revistacmc.espm.br/index.php/revistacmc Acesso em: 16 dez. 2019.

FELIPPI, Ângela Cristina Trevisan; OLIVEIRA, Vinícios Gonchoroski de; DORNELLES, Mizael. O território em estudo: microrregião de Santa Cruz do Sul e Vale do Sol. In: ESCOSTEGUY, Ana Carolina et al. As tecnologias da comunicação no cotidiano de famílias rurais: (Re)configurações de uma ruralidade. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2019, p. 53-74. Disponível em: https://www.unisc.br/pt/home/editora/e-books?id_livro=485 Acesso em: 12 set. 2019.

FELIPPI, Ângela Cristina Trevisan. (Re) Configurações de uma ruralidade por meio das TICs. In: ESCOSTEGUY, Ana Carolina et al. As tecnologias da comunicação no cotidiano de famílias rurais: (Re)configurações de uma ruralidade. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2019, p. 182-191. Disponível em: https://www.unisc.br/pt/home/editora/e-books?id_livro=485 Acesso em: 16 dez. 2019.

FELIPPI, Ângela C. T.; ESCOSTEGUY, Ana Carolina D. Juventude rural e novas formas de sociabilidade: um estudo do uso do celular no Sul do Brasil. Revista Latino-americana de Ciências da Comunicação, São Paulo, v. 14, n. 16, p. 140-150, 2017. Disponível em: https://www.alaic. org/revista/index.php/alaic/article/view/906. Acesso em: 2 out. 2018.

IBGE. Censo demográfico de 2010. 2010. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/censo-demografico/demografico-2010/inicial. Acessado em: 17 jan. 2018.

IBGE-Cidades. Brasil em síntese. 2018. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rs/vale-do-sol/panorama. Acessado em: 24 set. 2019.

JACKS, Nilda; SCHMITZ, Daniela. Os meios em Martín-Barbero: antes e depois das mediações. Matrizes, São Paulo, v. 12, n. 1, p. 115-130, jan./abr. 2018. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/matrizes/. Acessado em: 16 dez. 2019.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. América Latina e os anos recentes: o estudo da recepção em comunicação social. In: SOUZA, Mauro Wilton (org.). Sujeito, o lado oculto do receptor. São Paulo: Brasiliense, 1995. p. 39-68.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Dos meios às mediações. Rio de Janeiro: UFRJ, 2003.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Uma aventura epistemológica – Entrevista. Matrizes, São Paulo, (2) 2, p. 143-162, 2009a. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/matrizes/. Acessado em: 16 dez. 2019.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Jesús Martín-Barbero: as formas mestiças da mídia. Entrevista com Jesús Martín-Barbero a Marluci Moura. Revista Pesquisa Fapesp, São Paulo, n. 163, p. 10-15, 2009b. Disponível em: https://revistapesquisa.fapesp.br/. Acessado em: 16 dez. 2019.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Dos meios às mediações: três introduções. Matrizes, 2018, n. 1, v.12, p. 9-31. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/matrizes/article/view/145681/139737>. Acessado em: 26 dez. 2018.

QUIROZ, Juliana; VÉLEZ, Santiago. Tecnología y sociedade: una aproximación a los estudios sociales de la tecnología. Revista CTS, Buenos Aires, v. 9, n. 26, p. 129-144, maio 2014. Disponível em: http://www.ppgcts.ufscar.br/arquivos/disciplinas/cts-014-topicos-especiais-12-desafios-em-pesquisa-em-cts. Acessado em: 16 dez. 2019.

REGUILLO, Rossana. Los estudios culturales. El mapa incómodo de un relato inconcluso. Barcelona, 2004.

SIFUENTES, Lírian; BIANCHINI, Aline ; RIBAS, João Vicente . A metodologia na pesquisa de campo. In: In: ESCOSTEGUY, Ana Carolina et al. As tecnologias da comunicação no cotidiano de famílias rurais: (Re)configurações de uma ruralidade. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2019, p. 75-101. Disponível em: https://www.unisc.br/pt/home/editora/e-books?id_livro=485 Acessado em 12 set. 2019.

SILVEIRA, R. L. L. et al. Rede agroindustrial do fumo e a dinâmica de organização espacial e de usos do território na região Sul do Brasil. [relatório de pesquisa]. Santa Cruz do Sul, RS. Universidade de Santa Cruz do Sul, 2011.

SILVERSTONE, Roger; HIRSCH, Eric; MORLEY, David (ed.). Los efectos de la nueva comunicación – El consumo de la moderna tecnologia en el hogar y en la família. Barcelona: Bosch, 1996. p. 39-57.

WAJCMAN, Judy. Esclavos del tempo. Vidas aceleradas en la era del capitalismo digital. Paidós: Barcelona, 2017.

Downloads

Publicado

2020-01-10

Como Citar

Escosteguy, A. C. D., Felippi, Ângela C. T., & Sifuentes, L. (2020). Reconfigurações do espaço rural e do cotidiano familiar: os sujeitos e suas práticas com as tecnologias de comunicação. Redes (St. Cruz Do Sul Online), 25(1), 211-231. https://doi.org/10.17058/redes.v25i1.14243

Edição

Seção

Geração de Conhecimento e Inovação na Agricultura Familiar