População e ocupação do espaço: o papel das migrações no Brasil

Sylvain Souchaud, Wilson Fusco

Resumo


A população brasileira foi fortemente influenciada em sua distribuição espacial, além de sua estrutura por sexo e idade, por importantes aportes de imigrantes internacionais. Esse aspecto da dinâmica demográfica, no entanto, ficou restrito ao passado, pois, após a II Guerra Mundial, com a diminuição das correntes migratórias internacionais e o intenso crescimento vegetativo da população nacional, foram os próprios brasileiros que orquestraram a distribuição populacional no país por meio das migrações internas em períodos mais recentes. Neste artigo, busca-se apresentar um panorama das migrações no Brasil e suas articulações com diferentes contextos, do século XIX até os dias de hoje. Além disso, destaca-se nos últimos anos a retomada da imigração internacional no Brasil, pois voltaram a surgir migrantes vindos do exterior, ainda pouco numerosos, mas que trazem indícios de que possa haver uma retomada do status de país de imigração.

Palavras-chave


migração internacional; migração interna; povoamento; distribuição espacial da população; Brasil

Texto completo:

Artigo


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/redes.v17i2.2527

Flag Counter

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo