A contribuição da agricultura familiar para o desenvolvimento rural de Mato Grosso do Sul - Brasil

Adriana Rita Sangalli, Madalena Maia Schlindwein

Resumo


Este artigo objetiva analisar a contribuição da agricultura familiar para o desenvolvimento rural do estado de Mato Grosso do Sul. A metodologia utilizada baseou-se em dados do Censo Agropecuário de 2006, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), além de revisão bibliográfica, abordando os aspectos da agricultura familiar e patronal, bem como do PIB do agronegócio familiar e não familiar. Os dados apresentados permitiram concluir que a agricultura familiar agrega o maior número de pessoas ocupadas no Brasil, enquanto que em Mato Grosso do Sul, predomina o maior número de pessoas ocupadas na agricultura patronal. O Produto Interno Bruto analisado apresentou um crescente desempenho, revelando que o potencial produtivo da agricultura familiar contribui consideravelmente para o desenvolvimento do estado de Mato Grosso do Sul.

Palavras-chave


agricultura familiar, desenvolvimento rural, Produto Interno Bruto (PIB).

Texto completo:

ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/redes.v18i3.2592

Flag Counter

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo