Agroindústrias rurais familiares e não familiares: uma análise comparativa

Autores

  • Lillian Bastian
  • Paulo Dabdab Waquil
  • Monica Concha Amin
  • Marcio Gazolla

DOI:

https://doi.org/10.17058/redes.v19i3.2679

Palavras-chave:

Agroindústria rural. Agricultura familiar (AF). Agricultura não familiar (ANF).

Resumo

Recentemente, são observadas inúmeras alterações no espaço rural, tais como a introdução de novas tecnologias, integração agroindustrial e a valorização enquanto lugar de moradia, lazer, produtos saborosos e saudáveis. Na esteira dessas transformações, alguns agricultores começam a perceber que existem novas possibilidades de geração de renda. Uma dessas novas oportunidades surge através do incremento da produção agroindustrial, uma atividade que é típica da agricultura familiar. Interessando-se por esta temática é que neste artigo objetiva-se verificar se há distinções e quais são estas distinções entre as agroindústrias rurais da agricultura familiar e da agricultura não familiar, em nível de Brasil. Inicialmente salienta-se que as agroindústrias rurais são heterogêneas entre si ficando difícil fazer inferências sobre dados agregados. Entretanto, a separação dos dados entre agroindústrias da agricultura familiar (AF) e da agricultura não familiar (ANF) já possibilita um recorte. Partindo desse pressuposto, foram selecionadas algumas variáveis do Censo Agropecuário de 2006 para inferir sobre oito produtos da agroindústria rural. Deste modo, através destes dados e destas variáveis identificou-se que a agroindústria rural é mais numerosa nos estabelecimentos familiares, um vez que a produção total provém principalmente dela, com exceção de dois produtos em que a produção entre a AF e ANF é praticamente equivalente. Para a escala de produção verificou-se que, para seis produtos analisados, ela é superior na ANF e em dois na AF. A ANF também se destaca com maior proporção de matérias-primas adquiridas, e maior proporção de comercialização. Os canais de comercialização são praticamente idênticos, com alguma exceção, contanto que a AF venda mais para o consumidor final e a ANF aos intermediários. As conclusões apontam que as distinções entre esses dois tipos de agroindústrias estão fortemente ligadas à lógica que as gerencia, pois na maioria das propriedades da ANF há especialização e na AF diversidade, o que consequentemente gera maneiras distintas de atuarem em suas agroindústrias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-07-22

Como Citar

Bastian, L., Dabdab Waquil, P., Concha Amin, M., & Gazolla, M. (2014). Agroindústrias rurais familiares e não familiares: uma análise comparativa. Redes (St. Cruz Do Sul Online), 19(3), 51-73. https://doi.org/10.17058/redes.v19i3.2679

Edição

Seção

Artigos