Aspectos socioeconômicos na microbacia hidrográfica do Riacho Val Paraíso – PB – Brasil

José Deomar de Souza Barros, Lucia Helena Garófalo Chaves, Soahd Arruda Rached Farias

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo identificar os aspectos socioeconômicos da microbacia hidrográfica do Riacho Val Paraiso – PB. A referida pesquisa foi realizada no período de 10 de maio a 15 de julho de 2013, contendo uma amostra de 68 famílias. Elaborou-se um questionário socioeconômico, de acordo com a metodologia de Rocha (1997), que foi aplicado na forma de entrevistas nas comunidades rurais que fazem parte da microbacia. Os resultados obtidos indicaram que a faixa etária das pessoas entrevistadas está acima de 60 anos de idade; que possuem uma baixa escolaridade; que são proprietários da terra; que a principal fonte de água são os poços artesianos; que praticam a atividade agropecuária de subsistência; que possuem apenas ferramentas manuais para lidar com a terra e que a renda familiar é complementada por aposentadorias e/ou auxílios do Governo Federal.

Palavras-chave


aspectos socioeconômicos, comunidades rurais, atividade agropecuária.

Texto completo:

ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/redes.v19i1.3904

Flag Counter

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo