Biocombustíveis e a economia verde inclusiva: buscando o desenvolvimento regional sustentável na Amazônia Legal Brasileira

Autores

  • Marcus Vinicius Alves Finco Universidade Federal do Tocantins
  • Vinícius Souza Ribeiro
  • Robert Bailis

DOI:

https://doi.org/10.17058/redes.v19i3.4360

Palavras-chave:

Biocombustíveis. Inclusão Social. Desenvolvimento Regional Sustentável

Resumo

A produção de biocombustíveis tem sido fortemente discutida no Brasil, levando o País a desenvolver políticas e implantar, no ano de 2004, o Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB), a fim de aumentar a participação de energias renováveis, bem como fomentar o desenvolvimento regional sustentável. Nesse contexto, o presente estudo busca avaliar a relação entre a condição de vida dos agricultores e a adoção do cultivo de oleaginosas no norte do Brasil, em uma região de transição entre o Cerrado e a Floresta Amazônica. Uma gama de indicadores socioeconômicos foi coletada entre os agricultores que cultivam soja na região. A teoria dos conjuntos fuzzy baseada na condição de vida dos agricultores e um modelo não linear probit foram utilizados para avaliar a inclusão de famílias rurais pobres na cadeia do biodiesel. Os resultados preliminares mostram uma relação negativa entre o nível de privação das famílias e a adoção do cultivo de soja.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcus Vinicius Alves Finco, Universidade Federal do Tocantins

PhD em Economia Agrícola pela Universitaet Hohenheim (Alemanha). Docente da Universidade Federal do Tocantins (UFT)

Downloads

Publicado

2014-12-08

Como Citar

Finco, M. V. A., Ribeiro, V. S., & Bailis, R. (2014). Biocombustíveis e a economia verde inclusiva: buscando o desenvolvimento regional sustentável na Amazônia Legal Brasileira. Redes (St. Cruz Do Sul Online), 19(3), 130-153. https://doi.org/10.17058/redes.v19i3.4360

Edição

Seção

Artigos