Saberes tradicionais e conservação da biodiversidade: usos, fazeres e vivência dos agricultores de uma comunidade de Ananindeua – PA

Neriane Nascimento da Hora, Hélio Raymundo Ferreira Filho, Ana Cláudia Caldeira Tavares Martins, Maria de Jesus da Conceição Ferreira Fonseca

Resumo


Na atual crise ambiental, busca-se encontrar uma nova forma de relação sociedade-natureza que integre o uso dos recursos naturais à conservação da biodiversidade. Nesse contexto, incluem-se as atividades produtivas de pesca, agricultura, extrativismo, caça, dentre outras. Desse modo, este estudo investiga saberes sobre conservação da biodiversidade presentes na atividade de produção agrícola de moradores da comunidade Igarapé Grande, ilha João Pilatos, Ananindeua-Pará. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas com nove agricultores; informais, com quatorze indivíduos; e observação participante, com os moradores locais, analisados a partir de análise de conteúdo. Os agricultores de Igarapé Grande desenvolvem, principalmente, sistemas de cultivo baseado nos roçados e nos quintais agroflorestais, nos quais são cultivados, sobretudo Manihot esculenta Crantz, Euterpe oleracea Mart. e Theobroma grandiflorum (Wild. Ex Spreng.) Schum. Eles também sobrevivem de outras atividades, como a pesca, extrativismo vegetal, criação de aves, artesanato, e em menor escala, caça e pecuária. A atividade agrícola em Igarapé Grande fundamenta-se em saberes ambientais relacionados à escolha da área para o plantio, à época do plantio/safra, aos procedimentos e técnicas e áreas sem cultivo. Os agricultores reconhecem a importância da conservação da biodiversidade na comunidade Igarapé Grande, e, portanto, desenvolvem técnicas que promovem o enriquecimento das capoeiras, preservam áreas de floresta primária e de mata ciliar e conservam a agrobiodiversidade.

Palavras-chave


Roçados Amazônicos. Quintais Agroflorestais. Agrobiodiversidade.

Texto completo:

ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/redes.v20i2.4449

Flag Counter

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo