Limites e possibilidades da Política de Desenvolvimento Territorial: uma análise a partir do Território Central da Cidadania do RS

Tatiana Aparecida Balem, Gustavo Pinto da Silva, José Marcos Froehlich

Resumo


O Programa Territórios da Cidadania, criado em 2008 em substituição ao Programa Territórios Rurais de 2003, destaca-se como a política de desenvolvimento territorial brasileira. Este trabalho tem por objetivo, a partir da análise do Território da Cidadania Central do Rio Grande do Sul, identificar se os limites e as possibilidades da implantação deste território são oriundos da política pública ou das particularidades da própria região. Foram delimitadas quatro chaves analíticas para análise, as quais buscam discutir como a política vem sendo implantada e como a noção de desenvolvimento territorial vem sendo apropriada pela sociedade. Além disso, busca-se apresentar os principais limites para o desenvolvimento da política territorial. Mesmo que o território se mostre um importante espaço de discussão e de mobilização da região, ainda se mostra insuficiente para dar conta do desenvolvimento territorial, já que as ações políticas e de desenvolvimento para o espaço circunscrito no mesmo não convergem totalmente.

Palavras-chave


Desenvolvimento territorial. Política pública. Território da Cidadania.

Texto completo:

ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/redes.v21i2.5345

Flag Counter

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo