Evolução setorial do emprego nas mesorregiões paranaenses

Diego Camargo Botassio, Gilson Batista de Oliveira

Resumo


Este trabalho tem como objetivo analisar o comportamento do emprego formal das mesorregiões do estado do Paraná, no período de 2007 a 2013, buscando observar o desempenho de todas as mesorregiões e os setores econômicos que mais se destacaram. Evidencia-se a escolha dos anos visto que, em períodos de crise, o emprego é uma das variáveis macroeconômicas afetadas, já que, o período analisado neste trabalho,  abarca a maior crise econômica após 1929. A metodologia utilizada é a análise shift-share, um método utilizado para ressaltar setores e regiões levando em consideração vantagens diferenciais (locacionais) e estruturais (produtivas) quando comparadas a uma região universo. Os resultados apontaram que as regiões Sudoeste e Centro Sul foram as regiões que apresentaram maiores crescimentos relativos do emprego formal. Os resultados setoriais para o estado indicaram que a indústria de calçados e a construção civil foram os setores mais dinâmicos. As mesorregiões Norte Pioneiro, Centro Oriental, Sudeste e Centro Ocidental foram as regiões menos dinâmicas apresentando desvantagens estruturais e diferenciais. Majoritariamente, grande parte das mesorregiões apresentaram maiores vantagens estruturais no setor da construção civil (oito das dez  regiões). Houve bastante diversificação quanto à componente diferencial, o que indica que as regiões são muito heterogêneas entre si em questões locacionais. Por fim, destaca-se a importância da análise proposta neste trabalho, visto que conhecer o perfil de uma região é de extrema importância para construir uma agenda de políticas públicas.

Palavras-chave


Shift-share; Paraná; Análise regional; Análise setorial; Desenvolvimento Regional.

Texto completo:

ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/redes.v20i3.5910

Flag Counter

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo