Consórcios Públicos e Desenvolvimento: o caso do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste de Santa Catarina

Eliane Salete Filippim, Evandro Antunes Moreira, Sirlei Favero Cetolin

Resumo


Este estudo aborda a experiência de associativismo de base territorial por meio dos consórcios públicos, tendo como objetivo geral Investigar a formação e a institucionalização deste tipo de consórcio. Os procedimentos metodológicos observados foram da pesquisa qualitativa, por meio do estudo de caso do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste de Santa Catarina – CIS-Amosc. Como principais resultados, foi possível observar que o CIS tem alcançado os objetivos da cooperação intermunicipal para a efetivação de parte da política de saúde, gerando economicidade e resolutividade. Contudo, apresenta oportunidades de melhoria como no campo da participação do cidadão usuário do serviço e numa maior integração com o Sistema Único de Saúde - SUS.

Palavras-chave


Desenvolvimento. Consórcio público. Saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/redes.v23i3.6284

Flag Counter

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo