Agroecologia: princípios e estratégias para o desenho de agroecossistemas sustentáveis

João Carlos Canuto

Resumo


O tema do presente escrito refere-se ao debate sobre princípios e estratégias para desenhar sistemas agrícolas sustentáveis. O escrito parte de uma abordagem ampla sobre princípios, descendo ao enfoque mais específico sobre estratégias e finalizando com uma perspectiva em escala micro sobre a prática dos desenhos e as consequências de cada possível opção. O objetivo centra-se em primeiro lugar em colocar ao debate a dialética entre pluralidade e unidade conceitual em Agroecologia. O problema em foco é o de situar mais claramente o que são agroecossistemas sustentáveis e, em decorrência, como conectar princípios e estratégias para viabilizá-los. Em relação ao referencial teórico, utilizamos os Autores clássicos da Agroecologia e alguns artigos críticos sobre a questão conceitual. A metodologia que dá fundamento à abordagem está pautada pela experiência teórica e prática do Autor, com caráter qualitativo, subjetivo e intuitivo. Os resultados são tão-somente a apresentação de ideias com fins de contribuir ao debate conceitual hoje em voga e também para vislumbrar, em uma escala menor, a questão prática dos desenhos de agroecossistemas sustentáveis.

Palavras-chave


Agroecologia. Princípios. Estratégias. Desenho de sistemas sustentáveis. Sistemas biodiversos. Debate conceitual.

Texto completo:

Artigo


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/redes.v22i2.9351

Flag Counter

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo