Sucessão ecológica, entropia e o Modelo Autonomia-Heteronomia para análise dos sistemas agrícolas

Rodrigo Aleixo Brito de Azevedo

Resumo


É proposto o modelo analítico Autonomia-Heteronomia, de caráter agronômico, para descrição e análise dos sistemas agrícolas. Os sistemas autônomos caracterizam-se por utilização preferencial dos recursos locais e estratégias orientadas ao atendimento das necessidades locais ou regionais. São sistemas de baixa entropia e localizados nos estágios mais avançados da sucessão ecológica. Os sistemas heterônomos caracterizam-se por utilização preferencial dos recursos globais e orientação preferencialmente para a mercantilização. São sistemas de alta entropia e localizados nos estágios mais iniciais da sucessão.

Palavras-chave


Sistema agrícola. Agroecologia. Sustentabilidade.

Texto completo:

Artigo


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/redes.v22i2.9409

Flag Counter

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo