TRABALHO DOCENTE: EM BUSCA DE NOVOS SENTIDOS

Maria Odila Finger Fernandes Lima, Rosa Maria Filippozzi Martini

Resumo


Esta pesquisa objetivou investigar os sentidos que podem emergir dos discursos de docentes acerca do seu mundo da vida, do mesmo modo proporcionar formas de pensar mais amplas acerca do trabalho do professor a partir da obra de arte; interpretar os discursos dos docentes acerca do seu mundo da vida e analisar os sentidos emancipatórios a partir das tematizações realizadas na interação/comunicação. Utilizou-se como base teórica de fundo o paradigma do mundo da vida e sistema de Habermas, bem como os pressupostos de Marcuse acerca da arte para pensar o trabalho docente e processos emancipatórios. Para a realização da pesquisa trabalhou-se com 4 (quatro) obras de arte de pintores nacionais e internacionais, na qual foram apresentadas a 5 (cinco) professoras da rede pública estadual da cidade de Santa Maria (RS), em 4 (quatro) encontros semanais. A metodologia utilizada para este projeto foi a pesquisa-ação de Thiolhent, tendo como intuito estar junto com as participantes da pesquisa nas tematizações acerca do seu mundo da vida, da mesma forma se utilizou, para a análise dos dados a análise de discurso. Portanto, a utilização da análise de discurso como instrumento metodológico corroborou com a compreensão acerca do mundo da vida das docentes, a medida em o discurso e seus diversos sentidos foram expressos através da apresentação de obras de arte que permitiram a emergência do interdiscurso e do intradiscurso oportunizando que por meio das formações discursivas formações tais como gatinho, maternagem, tempo de trabalho e lazer indiscriminados e a greve emergissem como o discurso do professor na situação contemporânea.

Palavras-chave


análise de discurso; razão comunicativa; trabalho docente; mundo da vida; estética.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rea.v19i1.1971



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo