Livro infantojuvenil traduzido é fácil de ler

Adriana Maximino dos Santos, Manuela Acássia Accácio

Resumo


Este estudo pretende verificar a aplicabilidade de fórmulas de leiturabilidade para pesquisas em leitura, mas principalmente em Estudos da Tradução. Com este intuito medimos a leiturabilidade de dois best-sellers da Literatura Infanto-Juvenil traduzidos do inglês e alemão para o português, por meio de fórmulas. As fórmulas utilizadas foram Facilidade de Leitura de Flesch e Flesch-Kincaid. Após a digitalização de 250 palavras de cada livro, a separação de sílabas, sua contagem, assim como de palavras e períodos, aplicou-se as fórmulas no excel com a inserção dos dados. Os resultados apontaram que embora os objetos de estudo sejam best-sellers, eles apresentam um grau baixo de leiturabilidade e exigem uma escolaridade maior para o público brasileiro. As fórmulas constituem um exame global sobre a leiturabilidade de textos traduzidos que pode ser combinado com diferentes meios de análise textual. Além disso, elas necessitam ainda de adaptação ao português brasileiro, devido à diferença silábica entre esta língua e o inglês.

Palavras-chave


Leiturabilidade. Fórmulas. Fórmulas Flesch. Literatura infanto-juvenil traduzida.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/signo.v36i60.1421

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo