Podcasts, Clube de Redação Criativa e Atendimentos Virtuais: novas estratégias para novos tempos

Priscila Thaiss da Conceição de Medeiros, Lidiane de Marins Pereira

Resumo


Este artigo visa a relatar as experiências de ensino de Língua Portuguesa vivenciadas em uma escola municipal da cidade do Rio de Janeiro, durante o período de pandemia causada pelo coronavírus, com alunos de Eja I (anos iniciais) e com alunos dos anos finais do Ensino Fundamental. Com a necessidade de novas ferramentas para nos aproximarmos dos alunos neste período atípico de isolamento social, lançamos mão do uso de podcasts tanto para discutir conteúdos escolares quanto para falar acerca de atualidades e análises de contos. Além disso, criamos o Clube de Redação Criativa na escola e, a partir dele, os atendimentos virtuais aos alunos do Eja I para desenvolvimento da leitura e da compreensão textual. Apresentamos, aqui, quais os objetivos e os procedimentos adotados e quais reflexões foram suscitadas por meio de cada uma dessas experiências.

Palavras-chave


Ensino de Português. Leitura e escrita. Eja e Ensino Fundamental II.

Texto completo:

PDF

Referências


BRANDÃO, C.R. O que é método Paulo Freire. São Paulo. ed. Brasiliense, 1981.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2017. Disponível em: < 568 http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_publicacao.pdf>. Acesso em: 30 de julho de 2020.

BRASIL. Decreto nº 7,611, de 17 de novembro de 2011. Dispõe sobre a educação especial, o atendimento educacional especializado e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, n.221, p. 12, col. 1, 18 de nov. de 2011.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: língua portuguesa. Brasília: MEC/SEF, 1998.

FERRAREZI JR., Celso; CARVALHO, Roberto Santos de. Produzir textos na educação básica: o que saber, como fazer. 1. ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.17058/signo.v46i85.15706

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo