O ensino de língua inglesa na educação básica em tempos de pandemia: um relato de experiência em um programa bilíngue em implantação

Karina Segaty, Cyntia Bailer

Resumo


Este trabalho tem por objetivo relatar a experiência de adaptação às aulas mediadas por tecnologia em uma escola da educação básica, mais especificamente, da educação infantil ao 5º ano, com um programa bilíngue em implantação no período da pandemia, discutindo ferramentas e potencialidades. Neste relato, a transposição didática sofrida pelas professoras no programa bilíngue, cujas aulas totalmente desenvolvidas para serem realizadas em sala de aula presencial sofreram alterações para se adaptar ao modelo remoto repentino imposto pela pandemia do coronavírus. Relatamos como as professoras lidaram com os desafios a partir de momentos de formação, pesquisa e de implementação e que plataformas utilizaram para as aulas remotas. Os desafios vivenciados tanto pelas professoras quanto pelas famílias mostraram que o uso das tecnologias digitais na educação básica é um caminho sem volta e que é preciso formação e adaptações constantes sempre com foco no aluno como centro do processo de aprendizagem.

Palavras-chave


Língua inglesa. Educação Básica. Pandemia. Relato de experiência.

Texto completo:

PDF

Referências


ARANDA, Maria Teresa de la Torre. Bilíngue: e agora? In: MEGALE, A. (Org.). Desafios e práticas na educação bilíngue. São Paulo; Fundação Santillana, 2020. 136 p. p. 29-46.

BRASIL, MEC, Base Nacional Comum Curricular – BNCC, versão aprovada pelo CNE, novembro de 2017. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2020.

CEE/SC. RESOLUÇÃO CEE/SC Nº 087, de 22 de novembro de 2016. Estabelece normas para a oferta da Escola Bilíngue e Escola Internacional em escolas da Educação Básica pertencentes ao Sistema de Ensino do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, 2020.

______. PARECER CEE/SC Nº 146, de 19 de março de 2020. Medidas orientativas às Instituições de Ensino, pertencentes ao Sistema Estadual de Educação, no período do regime especial do combate ao contágio pelo coronavírus (Covid - 19), com base no Decreto nº 515/2020 que declara situação de emergência no território catarinense. Florianópolis, 2020.

______. RESOLUÇÃO CEE/SC Nº 009, de 19 de março de 2020. Dispõe sobre o regime especial de atividades escolares não presenciais no Sistema Estadual de Educação de Santa Catarina, para fins de cumprimento do calendário letivo do ano de 2020, como medida de prevenção e combate ao contágio do Coronavírus (COVID-19). Florianópolis, 2020.

COSTA, C. D. Sobre a expansão do ensino bilíngue no Brasil: reflexões oportunas. In: ANAIS ELETRÔNICOS DO IV SEMINÁRIO FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO DE LÍNGUA INGLESA, v. 4, 2018. P.81-93.

HOUSE, S. An introduction to teaching English to children. London: Richmond, 1997. 96p.

MARCELINO, M. Educação Bilíngue e dúvidas comuns das famílias. In: MEGALE, A. (Org.). Desafios e práticas na educação bilíngue. São Paulo; Fundação Santillana, 2020. 136 p. 49-62.

MOREIRA, J. A.; SCHLEMMER, E. Por um novo conceito e paradigma de educação digital onlife. Revista UFG, 20(26). https://doi.org/10.5216/revufg.v20.63438

MOTTERAM, G. Innovations in learning technologies for English language teaching. Londres, 2013, 197 p.

ROTH, Genevieve. Teaching very young children: pre-school and early primary. London: Richmond, 1999. 93p.

SANTA CATARINA. Decreto nº 509, de 17 de março de 2020. Dá continuidade à adoção progressiva de medidas de prevenção e combate ao contágio pelo coronavírus (COVID-19) nos órgãos e nas entidades da Administração Pública Estadual Direta e Indireta, Florianópolis, 2020.

TRAVAGLIA, L. C. Gramática ensino plural. 5 ed. São Paulo: Cortez, 2011.

VYGOTSKY, L.S. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 6. ed. São Paulo, Martins Fontes, 1998.

WADSWORTH, B. J. Inteligência e afetividade da criança na teoria de Piaget. 4. ed. São Paulo: Pioneira, 1996.




DOI: http://dx.doi.org/10.17058/signo.v46i85.15709

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo