O ressoar de vozes no processo criativo do discurso publicitário: uma análise interdiscursiva

Fabio Hansen

Resumo


Este trabalho apresenta uma reflexão sobre o processo criativo do discurso publicitário na perspectiva teórica da linguagem, a partir da Análise de Discurso (AD). Nossa intenção incide em examinar de que modo funciona a heterogeneidade no processo criativo do discurso publicitário. O objetivo deste artigo é analisar como outras vozes provenientes do interdiscurso ressoam no processo criativo do discurso publicitário. Para cumprir tal objetivo, recortamos sequências discursivas produzidas a partir da observação de um processo criativo em uma agência de propaganda e por meio de entrevistas com publicitários participantes do processo criativo. A reflexão teórica está centrada na noção de interdiscurso e sua interface com a comunicação. Assim, demonstramos como outras vozes irrompem e produzem sentido no processo criativo do discurso publicitário. Logo, atravessado pela exterioridade e pela heterogeneidade de vozes, consideramos o processo criativo da ordem da repetição do já-dito.

Palavras-chave


Discurso publicitário. Processo criativo. Interdiscurso. Heterogeneidade. Vozes.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/signo.v36i61.2120

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo