POLÍTICAS PÚBLICAS E SOCIAIS: UM DEBATE ACERCA DA UNIVERSALIDADE DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS) DIANTE DOS IMIGRANTES NO BRASIL

Thais Garcia Jeske, Raquel Fabiana Lopes Sparemberger

Resumo


Atualmente no Brasil, devido aumento dos índices de imigrantes no país – seja ele por motivos econômicos, ambientais, sociais ou culturais – articula-se cada vez mais debates no sentido de indagar a respeito das políticas imigratórias, bem como as políticas públicas já existentes no país, que promovem a garantia de direitos sociais básicos pelo Estado. Assim, o presente trabalho elegeu como objeto de pesquisa a exequibilidade do princípio da universalidade no Sistema Único de Saúde (SUS), especialmente, com relação a esses estrangeiros. Para tanto, utiliza-se o método hipotético-dedutivo afim de discutir e contextualizar as mazelas da gestão da rede de saúde pública.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.