OS HAITIANOS E AS ADVERSIDADES DE INSERÇÃO NA SOCIEDADE BRASILEIRA

Cristiane Feldmann Dutra, Nathallya Agnes Manta e Silva

Resumo


No esquadro do cenário Brasileiro demonstra-se as grandes adversidades para o imigrante Haitiano em desenvolver a sua total inserção na sociedade, alguns  dos  motivos são a sua dificuldade de falar a língua brasileira, a xenofobia e o racismo explícito com estes imigrantes no nosso território. Este artigo é um reflexo da atual conjuntura da realidade no território Brasileiro para todos aqueles Haitianos que tem o direito de migrar, e através destes obstáculos são multiplicados,  causando a invisibilidade e o óbce de sua inserção social.  Os Haitianos merecem um olhar mais apurado, uma vez que afirma o nosso Art. 5ºda CF,  “que todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade”. A realidade é diferente e demonstra distorções na legislação. Uma forma de poder auxiliar estes estrangeiros, seria uma nova legislação para os imigrantes, pois a lei que rege atualmente é a 6.580\80 e foi criada no período da ditadura   e tem  um tratamento excludente  e contrário o que diz na nossa  Constituição Federal.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.