Análise e interpretação das composições de “Payador, pampa e guitarra”

Milena de Oliveira Abott

Resumo


RESUMO: A presente pesquisa pretende discutir questões relacionadas à produção poético-musical do Rio Grande do Sul, refletindo sobre as suas contribuições para a divulgação e propagação da arte e da formação cultural do gaúcho. Serão analisadas, a partir das perspectivas de intertextualidade e interdisciplinaridade, nove composições que integram o LP (Long Play – disco de vinil) Payador, Pampa e Guitarra,de Noel Guarany e Jayme Caetano Braun. A temática do disco propõe a unidade cultural/ideológica entre gaúchos brasileiros e gauchosuruguaios e argentinos. Dentro desse contexto de entrecruzamento de fronteiras, é possível perceber que seu conteúdo ultrapassa os limites relacionados à cor local e o regional, refletindo sobre a própria cultura e sua realidade histórica. Payador, Pampa e Guitarra é uma obra que surge num período em que havia poucas publicações de livros de poemas e os poetas encontravam na música, na canção, um espaço de prestígio na sociedade para veicular as suas produções. No Rio Grande do Sul – considerando também sua relação fronteiriça com os países do Prata meridional - há uma tradição com a oralidade que faz com que os gêneros orais adquiram papel de importância no cenário cultural do sul do Brasil. Além disso, Payador, Pampa e Guitarra integra um cenário que marca a mudança do estilo musical tradicional da região, representando uma abertura para a produção de canções mais engajadas com a reflexão e a formação de uma identidade gaúcha.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.