A nova dinâmica das relações campo x cidade em Macaé: o exemplo da Comunidade Serra da Cruz

Nelson Jose Zampier Bonin

Resumo


Resumo
Em face da constante complexidade das transformações socioespaciais, surgem interpretações no meio científico, que buscam analisar as reflexões entre cidade e campo. As atividades humanas estão modificando constantemente o espaço, e as mudanças ocorridas no campo despertam interesse de diversos pesquisadores, que podem seguir diferentes linhas de pesquisa. Este artigo trás uma contribuição ao debate sobre a questão cidade – campo e urbano – rural, contribuindo para aprofundar a reflexão sobre essa problemática. O exemplo da comunidade rural de Serra da Cruz, localizada no distrito de Glicério ( Macaé – RJ ), reflete a intensificação das implicações da atividade petrolífera no município, que amplia seu espaço urbano e torna mais dinâmico o rural. Apesar da pecuária de corte ser forte, o espaço agrícola municipal vem diminuindo, mas sobrevive e diversifica-se através da pluriatividade, do turismo, etc. O trabalho tenta exemplificar como as urbanidades entram na comunidade rural, modificando-a, mas não destruindo-a.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/agora.v18i2.8394

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo