Implementação do programa nacional de melhoria do acesso e da qualidade da atenção básica (PMAQ-AB)

Rosimeri Telles, Leni Dias Weigelt, Maristela Soares Rezende, Suzane Beatriz Frantz Krug, Ronise Ferreira, Amanda Luisa Kessler, Lilian Pereira de Barros, Ana Carolina Jühlich, Gabriela Mendes da Silva Flores

Resumo


Justificativa e Objetivo: investigar sobre a metodologia de aplicação do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB): sua avaliação pelos profissionais de saúde, seus resultados e seu impacto na organização e na assistência a saúde, sob, a ótica dos trabalhadores da saúde. Métodos: Pesquisa qualitativa, de caráter exploratório descritivo, com 21 trabalhadores de unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF) de um município da 28ª Região de Saúde – RS com 17 ESFs cadastradas no Departamento de Atenção Básica-MS. Destas, oito possuem certificação como Equipe de Saúde Bucal. A coleta de dados ocorreu em documentos na Secretaria Municipal de Saúde e por meio de entrevistas. Constituíram a amostra o gestor de saúde e um representante por categoria de cada ESF que participou de alguma fase do PMAQ. A análise de conteúdo orientou a organização das informações e dos resultados em temas: PMAQ na visão dos trabalhadores, a metodologia de aplicação, os resultados e mudanças nas unidades de saúde com a implantação do programa. Resultados: Foram entrevistados dois médicos, cinco enfermeiros, sete técnicos de enfermagem, seis odontólogos e uma nutricionista. Identificou-se a diversidade de percepções dos trabalhadores quanto à implementação do PMAQ-AB e o descontentamento por falta de retorno da gestão em relação aos resultados da avaliação. Conclusões: A falta de conhecimento dos profissionais sobre a metodologia de aplicação deste programa ficou evidente, pois grande parte dos entrevistados não consegue informar sobre as fases de implementação e o desenvolvimento das mesmas na sua ESF.
DESCRITORES: Avaliação em Saúde. Educação em Saúde. Assistência à saúde. Saúde Pública.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/reci.v1i1.7978



Direitos autorais 2016 Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo




Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção - ISSN 2238-3360

Hospital Santa Cruz
Núcleo de Epidemiologia Hospitalar/Comissão de Controle de Infecção
Rua Fernando Abott, 174
Santa Cruz do Sul - RS - Brasil