Avaliação da gestão ambiental em pequenas propriedades produtoras de leite no Vale do Taquari a partir do uso da matriz importância x desempenho

Carlos Candido Cyrne, Claudete Rempel, Claus Haetinger, Rafael Rodrigo Eckhardt

Resumo


Estima-se que 12,5% da produção de leite (um milhão de litros por dia) do Rio Grande do Sul – RS seja oriunda da região denominada Vale do Taquari, envolvendo cerca de nove mil famílias que encontram, nesta atividade, condições de se manter no meio rural. Este trabalho tem por objetivo contribuir com a gestão dessas propriedades, centrando as atenções nos aspectos ambientais e avaliando a matriz “Importância x Desempenho”. A área de estudo é constituída por quatro propriedades leiteiras do Município de Arroio do Meio-RS. De posse dos dados da pesquisa realizada por Rempel et al (2012) para avaliação da sustentabilidade ambiental, foi possível verificar a aplicabilidade da matriz “Importância x Desempenho” como ferramenta para priorização de ações de melhoria da qualidade ambiental dessas propriedades. Constatou-se que a matriz aplicada pode ser útil no processo de gestão ambiental das propriedades produtoras de leite no Município de Arroio do Meio, sendo, também, possível a aplicação desta metodologia em demais propriedades para avaliação das principais ações a serem desenvolvidas para melhoria da sustentabilidade ambiental.

Palavras-chave


Ciências Ambientais. Interdisciplinar. Gestão Ambiental. Produção de Leite.

Texto completo:

ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/redes.v20i2.3724

Flag Counter

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo