Desenvolvimento Regional e Esporte Amador: as dimensões territoriais dos Jogos Abertos de Santa Catarina

Camila da Cunha Nunes

Resumo


O presente texto aborda as questões relativas à relação entre esporte e território no Estado de Santa Catarina. O estado de Santa Catarina se caracteriza pela especialização e dispersão das atividades produtivas no território. No entanto, a dinâmica de espacialização observada no esporte amador possui uma lógica de territorialização própria e distinta do esporte profissional, e não acompanha a lógica de diferenciação espacial produtiva. A partir disso, este estudo procura examinar as características específicas por meio do qual o esporte amador se territorializa no Estado de Santa Catarina. Para tanto, realizou-se o processo de territorialização baseado na análise da competição esportiva amadora de maior impacto no território catarinense, os Jogos Abertos de Santa Catarina.

Palavras-chave


Desenvolvimento Regional. Território. Esporte amador. Jogos Abertos de Santa Catarina.

Texto completo:

ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/redes.v20i3.4471

Flag Counter

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo