Arranjos Produtivos Locais e Desenvolvimento Regional: diagnóstico dos APLS da Região Sudoeste do Paraná

Autores

  • Alexandre Luiz Schlemper IFPR - Instituto Federal do Paraná (Câmpus Palmas)
  • Marcos Junior Marini Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Câmpus Pato Branco
  • Maria de Lourdes Bernartt Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Câmpus Pato Branco

DOI:

https://doi.org/10.17058/redes.v21i1.4749

Palavras-chave:

Arranjos Produtivos Locais. Desenvolvimento regional. Sudoeste do Paraná. Metodologia SWOT. Diagnóstico sectorial. Políticas públicas.

Resumo

As discussões da literatura apontam para uma mudança no sistema capitalista nas últimas décadas do século XX, principalmente devido à passagem do modo de produção em massa para um regime de especialização flexível, ocasionando a valorização das aglomerações produtivas locais como estratégia para o desenvolvimento regional. Nesse cenário, esta pesquisa objetivou realizar um diagnóstico setorial dos Arranjos Produtivos Locais - APLs da região Sudoeste do Paraná, visando orientar a elaboração de estratégias de desenvolvimento. Como encaminhamento metodológico, optou-se pela aplicação da metodologia Strengths (forças), Weaknesses (fraquezas), Opportunities (oportunidades) e Threats (ameaças) - SWOT para a compilação dos resultados da pesquisa de campo, gerando um conjunto de apontamentos em relação às forças, às fraquezas, às oportunidades e às ameaças nos APLs analisados. Os resultados demonstraram a relevância desta pesquisa para a definição de estratégias e políticas públicas relacionadas ao desenvolvimento destes APLs e da respectiva região.

Downloads

Publicado

2016-05-06

Edição

Seção

Artigos