Custos de formalização institucional de Sistemas Agroindustriais Familiares de Base Ecológica - SAFES

Autores

  • Marcio Gazolla UTFPR - Campus Pato Branco/PR
  • Arlindo Jesus Prestes De Lima UFSM
  • Carolina Brignoni UFRGS
  • Andressa Bammesberger

DOI:

https://doi.org/10.17058/redes.v21i3.6886

Palavras-chave:

Custos de formalização institucional. Sistema agroindustrial familiar. Cadeias produtivas ecológicas.

Resumo

O objetivo do trabalho foi mensurar quanto e quais são os custos de produção de sistemas agroindustriais familiares que possuem a agricultura ecológica como base de reprodução social. Neste sentido, foram relacionados, sempre comparativamente, indicadores de desempenho econômico das situações de formalidade e informalidade institucional das experiências investigadas. As perguntas que guiaram a pesquisa foram: quanto e quais são os custos para viabilizar um sistema agroindustrial ecológico nas situações de formalidade e informalidade institucional? Haveria diferenças monetárias significativas? Dentro disso, qual seria o custo da certificação orgânica? A pesquisa foi desenvolvida na Regional da EMATER de Frederico Westphalen/RS, onde foram investigadas doze iniciativas, utilizando-se do aporte teórico-metodológico de avaliação econômica dos sistemas de produção. De maneira geral, os resultados evidenciam que os sistemas agroindustriais familiares ecológicos possuem menores custos de produção em situação de informalidade por um lado e, de outro, que seu valor agregado e renda agroindustrial também se elevam quando estes não seguem as legislações agroalimentares emanadas do Estado, em diferentes níveis territoriais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcio Gazolla, UTFPR - Campus Pato Branco/PR

Engenheiro Agrônomo (UFSM - 2001), Mestre em Desenvolvimento Rural (PGDR/UFRGS - 2004), Doutor em Desenvolvimento Rural (PGDR/UFRGS - 2012) e Professor da UTFPR.

Arlindo Jesus Prestes De Lima, UFSM

Professor da UFSM. Doutor em Planejamento e Desenvolvimento Rural Sustentável.

Carolina Brignoni, UFRGS

Administradora e Mestre em Desenvolvimento Rural

Downloads

Publicado

2016-09-10

Como Citar

Gazolla, M., De Lima, A. J. P., Brignoni, C., & Bammesberger, A. (2016). Custos de formalização institucional de Sistemas Agroindustriais Familiares de Base Ecológica - SAFES. Redes (St. Cruz Do Sul Online), 21(3), 378-403. https://doi.org/10.17058/redes.v21i3.6886