MULTILETRAMENTO E PRODUÇÃO DE IDENTIDADE NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA: ANALISANDO ENUNCIADOS MULTIMODAIS

Dulce Marcia Cruz, Lidnei Ventura, Thais Ehrhardt de Souza

Resumo


O presente artigo investiga possíveis relações de determinação entre multiletramentos e produção de identidades na contemporaneidade. Parte-se do princípio de que tais identidades na modernidade tardia estão em constante mutação e são formadas e transformadas continuamente. Nessas condições, os processos de autorreferenciamento são marcados por narrativas do eu influenciadas por sistemas abstratos, dentre eles as mídias digitais. O argumento central é que as condições de autoria multimidiática permitidas pelas mídias digitais, ao mesmo tempo produzem identidades e são expressões delas, tanto no âmbito da cultura quanto das tecnologias utilizadas. Para exemplificar como as mídias digitais possibilitam manifestações de estilos de vidas e identidades, procede-se à análise de um vídeo do You Tube que reproduz uma coletânea da obra de Adoniran Barbosa, a partir do esquema interpretativo de Rojo (2013), que toma esse tipo de produção midiática como um enunciado multissemiótico e multimodal.

Palavras-chave


Multiletramentos; Identidades; Autoria, Linguagens; Enunciados multimodais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rea.v23i1.5831



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo