Análise discursiva da imagem do professor nas propagandas sobre educação

Silvane Aparecida Freitas

Resumo


Temos como objetivo, neste artigo, analisar três propagandas sobre educação, veiculadas em duas revistas Nova Escola, uma do mês jan/fev de 2009 e outra de junho do mesmo ano. Partindo dos pressupostos teóricos da Análise do Discurso de linha francesa, tivemos a pretensão de refletir sobre que imagem de professor é explorada nessas propagandas, bem como que estratégias discursivas são utilizadas para conseguir a adesão do leitor, que ideologias defendem e de que lugar social o sujeito locutor se pronuncia. Para isso, nossa análise não ficou presa somente à materialidade linguística desses textos, mas também ao extralinguístico, às condições de produção do discurso, aos signos não verbais. Após nosso exercício de leitura, concluímos que essas propagandas evidenciam uma representação superficial da educação, apresentando muitos estereótipos da imagem do professor.

Palavras-chave


Discurso. Texto. Propaganda. Professor. Educação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/signo.v36i61.2145

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo